AMAR

8 jun

 

Um suspiro de quem está apaixonada
Quem vê amor e graça em tudo o que faz
Que em tudo e por tudo sente arrepio

É tão bom sentir febre de amor
É tão bom sentir o vento no rosto
Chuva fina e achar tudo maravilhoso

É tão bom ter em quem pensar
E ao mesmo tempo não pensar em ninguém
E, à
Às vezes, pensar em criança, em idoso
Em juventude

Tudo é mais bonito quando o amor
É todo seu e não há tempo pra mais ninguém

É tão bom se amar e amar alguém
Que às vezes nem te ama

Não amar é sentir o corpo vazio
E no peito uma angústia, muitas vezes
Uma frustração

Eu quero amar
Amar os pássaros cantando
Amar as águas do mar
Amar os perfumes das rosas
Amar criança correndo, brincando de roda
Amar as músicas românticas

Imaginar um arco-íris e em cima dele fazer amor
Amar na grama verdejante
Imitar o canto dos pássaros

Fazer versos que explore o amor da mesma forma
Que exploramos um o corpo do outro

Chorar quando deve sorrir
Sorrir quando deve chorar
Gritar alto no meio da madrugada
Teu nome ao vento

Correr de mãos dadas e deixar o suor
Escorrer entre os seios e ao mesmo
Tempo secá-lo com o pêlo do teu peito

Depois adormecer e sonhar com você
Pegando carona num carrossel de fantasia
Chamado amor

É tão bom amar, amar todos os seres sem exceção
Amar, amar, fazer versos e somente amar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: