15 dez

É preciso levar em conta a pobre e triste condição do homem. Os homens começam com medo, coitados. E terminam em fazer o que não presta quase sem querer. É medo. […] Medo de muitas coisas. Do sofrimento. Da solidão. E, no fundo de tudo, medo da morte.” [O AUTO DA COMPADECIDA – 


O Novo,
Gosto de reconhecer,
Trair  princípios
Deixar de lado sonhos, ideais


Gosto forte de dúvida
Ser ou não ser; isto ou aquilo
Fugir!
Melhor saída:
Encarar, perseguir aquilo que 
Não vai acontecer de imediato,


Como fazer pra enxergar à quem do além?


Atalhos  aparentemente nocivos. 
Será?


Perguntas, perguntas…

Anúncios

Uma resposta to “”

  1. laryssafgc 30 de dezembro de 2010 às 11:03 am #

    Maravilhoso! Rei Suassuna!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: