Madrugada Fria

22 jan

É necessário ficar só
quando o pensamento
voa
Enquanto fica-se assim
longe do fim
Querendo apenas fugir de si
dos pensamentos,
tão longos, impróprios e
desesperadores
É quando se percebe erros,
irônicas soluções pro’s fantasmas
que só trazem e fazem seus problemas,
suas culpas se tornarem longas
madrugadas mal dormidas
E olheiras enormes se tornam
amigas íntimas de pensamentos seus
Inenarráveis as palavras que
surgem numa madrugada fria
as respostas surgem do nada
e do nada se vão, como que castigo
de ficar acordada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: