Parágrafo – Mini Conto

27 jan

Violência Urbana

Era em plena manhã de sábado. Um provável sábado tranquilo. O assaltante que amendrontava à todos era apenas um menino, uma carinha inocente, inteligente, uns 12 anos de revólver em punho, que parecia pesar em suas mãos tão pequenas. O som de sua voz soava ora aguda, ora grave. Verbo indefinido. Olhar frio, nem medo, nem rancor; experiente ao manejar o corpo franzino. Menino esperto, reticências ameaçadoras. Dias contados antes da morte!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: