Encontrei uns escritos que estavam engavetados e resolvi postá-los, mesmo correndo o risco de passar a ideia de texto clichê.

7 ago

Aos 19.

 

Flor de Maio

 

Uma gota de vida que foi se acumulando

E ao passar por um tempo, fui me transformando

Dentro de ti

Tornei-me desejada, tão esperada para que me

Vissem e para que eu pudesse ver a luz

Aqui fora

Meu primeiro grito de alerta soou em seus

Ouvidos como uma linda canção

E chorei enquanto sorrias

Hoje sou como uma flor que está a

Desabrochar

Doce e límpida, a fim de usufruir toda

Beleza do meu jardim, onde nasci num

Outono cheio de paixão

E que me fez nascer, crescer

 E florescer no fim de maio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: