EN CORPS

21 abr

Sussurro

Baixo como o vento vem

Pairando devagar

O ouvido

Suave

Teu desejo

Me quase dominando o

olvido

Sentido

Sentindo o cheio

De teu poema

Me ouvindo

Sussurro

Sentindo no chamar

Te querendo ouvir

E tu partindo

Preso em ti

O verso

Em mim sentindo

Absorver

Palavras

E o corpo

No topo

No centro

Partindo

E tu, crescendo

Em mim

Vagando assim

Vivemos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: