Claridade (Inspirado em África)

15 set

Corre em rio límpido

fresco nascente do tempo

levado margem após margem

com o gosto das bocas d’água

quente como o beijo

de tua paisagem

 

contei dúzias de enseadas

e fronteiras de benquerer

paralelamente traziam

fantasia e realidade

alegria e dor

 

mas o rio corre límpido

largo em direção do esquecer

foram tórridos os momentos

do sofrer

 

e lá no fim do curso

está a claridade pronta

do amanhecer

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: